logo clinica ede

Tel: (11) 3159-3259 / 3159-3884 / icone whats 99226-7203

Especialidadesseta

foto 1 - Clinica EDE foto 2 - Clinica EDE foto 3 - Clinica EDE foto 4 - Clinica EDE foto 5 - Clinica EDE foto 6 - Clinica EDE


Clínica de implantes imediatos

Quando se fala em Implantes Imediatos, refere-se ao colocar imediatamente o dente fixado no implante. Neste caso, colocamos o dente provisório sobre este implante recém colocado.


Ao colocar um implante é indispensável que, ao rosquearmos ao osso, exista uma retenção contrária, uma força contra, uma força de resistência óssea. Ou seja, ele tem que entrar apertadinho, para que ele não se mova, para que a retenção primária seja boa.


Com isso, a previsibilidade é ótima. Imagine se esse implante for repor um dente da frente, um incisivo central, ou um pré-molar inferior ou superior, onde ao lado dele tenha vizinhos. Se for medida essa força do osso contra o implante, e ela for grande (acredita-se 40 N), e esse dente a ser reposto, for feito mais baixo sem tocar no dente de cima, e for protegido por dentes ao lado, podemos colocar o provisório. Faríamos sim, a carga imediata.




O implante ainda não está osteointegrado. Mas a qualidade do osso é tão boa, que se houver uma força de mastigação sobre ele, ele não sofrerá.  Por isso, é sempre necessário bom senso em caso de implantes imediatos. Não pensaria em ativar um implante, na região de mastigação, região de molares, onde o extremo seja livre, sem dente nenhum como vizinho final.




Se o caso for superior, também é necessário analisar. A diferença entre superior e inferior, é que o superior tem um osso mais esponjoso, por isso mais mole e, na maioria das vezes, é necessário fazer enxerto para colocar os implantes.


A dentadura de cima fixa melhor, então o paciente consegue comer bem. Isso quer dizer, que ele tem força de mastigação razoável, quando receber a prótese sobre os implantes recém colocados, a força é uma força razoável.


Neste caso, há de analisar a qualidade do osso, se teve boa resistência óssea ao entrar estes implantes no osso e se os implantes são longos e grandes. Às vezes é melhor esperar os três meses da osteointegração usando a prótese total antiga e depois ativá-la com a prótese nova fixa.


Quando  é um caso de um o dente fraturado por impacto, ou da coroa sobre ele ter fraturado a raiz, e na imagem radiográfica não existe infecção óssea, pode-se então fazer o implante imediato dentário com carga imediata.

© 2014 Clínica EDE & Associados - todos os direitos reservados - líbero+