Logo Clinica EDE

Tel: (11) 3159-3884 / 99226-7203

icone face

Especialidadesseta

Reabilitação Oral

Implantes Dentários

Enxerto Ósseo

Implantes Imediatos

Prótese Dentária

Dentística – Clareamento

Dentística – Estética Dentária

Periodontia

Ortodontia

banner ede

Mitos e verdades sobre o mau hálito

Não são poucos os pacientes que chegam ao consultório odontológico relatando um problema que causa muito incômodo e constrangimento social: o mau hálito. Também chamado de halitose, ou até mesmo “bafo”, as causas para o mau cheiro bucal podem ser diversas, desde a existência de doenças como diabetes, até estresse e higiene bucal precária. De tal modo, para esclarecer eventuais dúvidas, a Clínica EDE listou os principais mitos e verdades sobre o mau hálito. Confira:


O mau hálito é causado por problemas no estômago?


Esta é uma afirmação muito repetida, contudo, é um mito. Tal afirmativa vem do conceito de que a ingestão de alimentos ou um jejum prolongado causa a alteração negativa do hálito. A halitose advinda de problemas estomacais é bem rara, representando apenas 1% dos casos.


Mau hálito indica higiene bucal precária?


Mito. Uma higiene bucal incorreta ou precária caracteriza-se como apenas uma das possíveis causas do mau hálito. Contudo, tal afirmativa não se aplica para todos os casos.


Há diferentes tipos de halitose?


Verdade. Segundo especialistas, há quatro tipos de problemas que são causadores do mau hálito. São estes: halitose esporádica, passageira, normal para qualquer um; crônica, que se faz presente por longos períodos nos pacientes, incidindo, principalmente, em pessoas idosas; fisiológica, causada por uma má higiene bucal; e patológica, causada pela doença periodontal.


Voltar

© 2014 Clínica EDE & Associados - todos os direitos reservados - líbero+