Logo Clinica EDE

Tel: (11) 3159-3884 / 99226-7203

icone face

Especialidadesseta

Reabilitação Oral

Implantes Dentários

Enxerto Ósseo

Implantes Imediatos

Prótese Dentária

Dentística – Clareamento

Dentística – Estética Dentária

Periodontia

Ortodontia

banner ede

Mastigação após restauração dentária

Após a realização de uma restauração dentária, é esperado que o paciente apresente dores e sensibilidade nos dentes, que podem durar horas ou até mesmo dias seguidos. E tal problema pode fazer com que a ingestão de alimentos torne-se desconfortável e dolorosa.
Contudo, felizmente, pensando nisso, alguns especialistas responsáveis e altamente capacitados geraram alguns tipos de orientações e restrições que visam diminuir e eliminar o desconforto durante a mastigação, e a Clínica EDE, especialista em tratamentos odontológicos, listou as principais dicas. Confira:


Mastigue sempre devagar e morda levemente: responsável por exercer um alto nível de pressão nas coroas dentárias, uma mordida errada e muito forte pode fazer com que os dentes fiquem doloridos após uma restauração. Ao mastigar qualquer tipo de alimento, faça-o de modo devagar e, se possível, dê preferência para a mastigação no lado oposto ao de onde ocorreu a restauração;


Deixe a boca fechada durante a mastigação: em alguns casos de dentes mais sensíveis, até mesmo o ar frio ambiente é capaz de provocar dores. Por conta disso, procure sempre manter a boca fechada, diminuindo a chance do ar frio entrar na boca, causando as dores;


Diga não aos alimentos muito duros e pegajosos: para alguns tipos de restauração, principalmente as de amálgama, é necessário que o paciente aguarde um determinado período para o consumo de alimentos excessivamente duros ou pegajosos. Isto porque há a possibilidade de que a restauração se solte, causando prejuízos, além, é claro, de profundas dores dentárias.



Voltar

© 2014 Clínica EDE & Associados - todos os direitos reservados - líbero+