Logo Clinica EDE

Tel: (11) 3159-3884 / 99226-7203

icone face

Especialidadesseta

Reabilitação Oral

Implantes Dentários

Enxerto Ósseo

Implantes Imediatos

Prótese Dentária

Dentística – Clareamento

Dentística – Estética Dentária

Periodontia

Ortodontia

banner ede

Desenvolvimento do mau hálito

Enfrentando por cerca de 40% de toda a população, o mau hálito, também chamado de halitose, é um problema extremamente comum, responsável por levar inúmeros pacientes ao consultório odontológico em São Paulo todos os dias. Surgindo de forma crônica ou esporádica, o mau cheiro bucal costuma desenvolver-se como consequência de uma incorreta higiene bucal e dentária, assim como reflexo da gengivite e outros tipos de problemas bucais e de saúde, como é o caso da diabetes e até mesmo câncer.

 

Para assegurar-se das corretas causas do mau hálito, é indicado que o paciente submeta-se à avaliação com um profissional odontológico, que será capaz de realizar todos os exames necessários para o início dos tratamentos necessários. Mais do que um incômodo de auto estima e social, a halitose bucal pode vir acompanhada ou ser indício de outros quadros mais complexos, devendo, assim, ser investigada e tratada de modo precoce.

 

Para prevenir o mau cheiro bucal, o ideal é que o paciente escove os dentes, pelo menos, três vezes ao dia, juntamente com a utilização do fio dental. Tais medidas removem a placa bacteriana e todos os resíduos de alimentos que possam estar presentes nas coroas dentárias. Além disso, a escovação da língua torna-se igualmente importante, assim como a higienização de dentadura, nos casos onde haja a sua utilização.

 

Sobretudo, é importante salientar que o mau hálito esporádico é um quadro comum, especialmente durante as manhãs, quando o paciente desperta. Isto ocorre devido à natural menor produção de saliva, que permite que os ácidos bucais se disseminem no interior da boca. Para evitar o quadro, é recomendado escovar os dentes antes de dormir e ao acordar.



Voltar

© 2014 Clínica EDE & Associados - todos os direitos reservados - líbero+